quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Procura-se roadie para estágio não remunerado!

Olha, tocar é bom, mas cansa...
Na verdade o que cansa mesmo é montar a porra toda, ainda mais quando tudo começa a dar errado quase que inexplicavelmente.
Ontem o Rubens foi ligar o baixo e nada do amp funcionar. Troca fusível, mexe cá e lá e nada... uma corrida rápida até o estúdio do Arara para pegar outro amp e pronto, problema solucionado... PORRA NENHUMA! A merda do amp também não liga. Então chega todo mundo pra ver o que está acontecendo e ninguém desvenda o problema. Cadê o House pra diagnosticar essa merda?
Restou ligar o baixo em linha mesmo...
E começamos meio brochados, frustrados, preocupados, mas fomos relaxando e acabou sendo um show bem bacana.
Mais bacana porque rolaram várias jams: Fábio Brum, da Saco de Ratos,detonando como de costume, Renato Borgonovi, grande batera do Seminal, Marcel, que mandou uma guitarra bonita a beça, o Linari, do La Carne, cantando pra caralho e até a Fernanda pegou o baixo e arriscou umas notas... só faltou o Picanha...
Então o show acaba e vem a cerejinha do bolo: desmontar tudo... como seria bom ter grana pra pagar um roadie.

4 comentários:

Anônimo disse...

pra mim foi o melhor show, apesar dos "pobrema". mas faz parte. só fiquei chateado pelo amp - não é meu, etc. ainda estou bem preocupado. e teve Ms. D'umbra mostrando talento no baixão, e Brum arregaçando, e os cara do "semem anal", ops! seminal, hehehehehe. grande brothers. e os motoca apaludindo e rindo e... tudo certo. mas que tiozinho fila da fruta, né não? 110? sei sei, abraço.

cmvm disse...

O melhor vai ser na semana que vem. Temos que chamar todo mundo, colocar nos Blogs, ligar pros chegados, fazer flyer e tal.
Cara, como vamos fazer com o baixo? Vc vai trazer amp? Quem ficou com o do Pagoto?
abraço

Anônimo disse...

o meu amp. de baixo é bemmmmm grande. não dá pra levar no busão. pois então, na pior das expectativas, linha nele. o flavinho ficou de ver a parada. tentei ligar pra ele, mas deu fora de órbita.abs.

Flávio Vajman disse...

Um roadie com um afinador à mão? Eu aprovo, claro! Hehehehe...