sexta-feira, 20 de novembro de 2009

SHOWS NA LIVRARIA


Essa temporada na Livraria da esquina tem sido, no mínimo, estranha.

No primeiro show acho que tinha umas 15 pessoas no local e isso contando com as bandas e o pessoal da casa. Uma pena. A gente abriu a noite tocando umas 3 ou 4 músicas para a entrada do Seminal.
O Seminal é uma banda bem louca. Divertida pracas. O Rubão, que ainda não conhecia o som, virou fã dos caras.
Finalizamos a noite com uma boa jam. Como não tinha mais ninguém na casa o Wagner An Tunes nem discotecou...

Porra, aí veio o segundo show. Seria o dia do Tio Américo, que eu estou louco pra conhecer.
Agora não sei o que acontece com esses caras, acho que é mal olhado, sei lá... foi a fatídica terça-feira do apagão. Cacete, o batera tinha montado tudo, tava passando o som e de repente "fióm" lá se foi a luz. Maior brochada! A Chris Couto ia discotecar, ainda bem que ela nem chegou a ir pra Livraria.

Na última terça a noite prometia. Mais gente na casa, o Carcarah no som e no palco a banda de rock preferida da Fábrica: LA CARNE. Os fia das puta tocaram primeiro, o que gerou dois probleminhas:
número 1 - tivemos mais tempo para beber
número 2 - já tentou subir no palco depois do La Carne? ah, bicho, é covardia... o show dos caras é uma porrada seca atrás da outra, tudo lá em cima.
Tocamos desfalcados do Vajman. Se me lembro bem o Linari cantou "Eu Não Tenho Dinheiro" com a gente e a noite acabou tarde.

Próxima terça é o último show do festivalzinho. Esperamos mais gente para ver a Mel discotecando e a banda 3 Hombres.

Até

4 comentários:

Anônimo disse...

ahhh nao conheço o som.. tenho que ir

Anônimo disse...

Achei o terceiro show muito bom e gostei pra caralho de subir ao palco depois do La Carne, os caras deixaram o palco fervendo para a Fábrica de Animais. Pena que teve um fim tão triste o "festivalzinho". Ou talvez tenha sido triste só pra mim. Que se foda. Beijo. Fernanda.

cmvm disse...

subir depois do La Carne é bom, claro, afinal o som é foda. é sempre melhor tocar com banda foda.
e pra não ter mal entendido: "festivalzinho" não foi depreciativo, apenas não era um festivalzão com mil bandas. gostei bastante das nossas terças na livraria.
realmente uma pena que tenha acabado como acabou. pq a gente complica o q devia ser simples?
bjs a todos

cmvm disse...

Taquicardia,
foi no show? gostou?